Diferenças entre drama e ficção: leia a comparação

by CJ McDaniel // abril 23 // 0 Comments

Obras literárias têm uma maneira de capturar nossas mentes e buscar o conhecimento. Há muitos deles lá fora. Então, nós literariamente não podemos terminar tudo. Cada vez mais são publicados diariamente. Mas tudo isso aparece sob poesia, prosa (ficção) ou drama.

Embora o drama e a ficção sejam semelhantes, eles ainda têm diferenças. Então, o que você escolher escrever depende do que você quer alcançar.

Ao passar por este artigo, você vai entender ficção, drama e suas diferenças.

Qual é a diferença entre drama e ficção?

Uma diferença entre ficção e drama é seu meio de apresentação. A ficção lida com a imaginação, então o público interpreta a partir daí. Por outro lado, o drama é visual. O público pode vê-lo diretamente.

Além disso, a ficção dá espaço para múltiplas interpretações porque as pessoas imaginam as coisas de forma diferente. Mas o drama é interpretado como é visto.

Para entender melhor a diferença entre ficção e drama, você precisa entender o que eles são, incluindo os elementos que os separam.

O que é drama?

Drama é uma obra literária que você escreve e é realizada para o público. Você escreve como um roteiro. Além disso, envolve música e dança. Alguns dramas não são realizados, mas são lidos como uma peça.

Tipos de drama

Comédia:

Este tipo de drama possui um tom leve, incluindo uma conclusão feliz. Também faz as pessoas rirem. A comédia faz uso de palavras inteligentes e aborda assuntos sérios com humor. Às vezes, consiste em personagens bobos.

Tragédia:

Consiste em eventos trágicos. Além disso, não tem uma conclusão feliz. Na maioria das vezes, o protagonista tem uma falha chocante ou dolorosa. Contém temas obscuros como pobreza, morte e sofrimento. O protagonista ou outros personagens simpáticos podem morrer ou falhar.

Melodrama:

Esse tipo de drama cria emoções excessivas para tornar o personagem mais envolvente. Pode incluir romance ou outros eventos. Os personagens geralmente são heróis, vilões, mentores, heroínas, fadas, etc. Além disso, contém muita fantasia. O final pode ser feliz ou triste.

Farsa:

Este drama inclui piadas bobas e projeta humor. Envolve humor de palito e geralmente um enredo ilógico. Além disso, contém humor bruto que mostra eventos que não são reais ou não podem ocorrer.

Drama musical:

Envolve personagens que contam a história através da dança e da música. Também contém diálogo e atuação. O enredo tem músicas no meio. Além disso, os personagens muitas vezes cantam para mostrar seus sentimentos.

O que é ficção?

Ficção é uma obra literária que vem da imaginação do escritor. Também é divertido para o público. No entanto, pode ser um conto, uma novela ou um romance.

Tipos de ficção

Ficção de gênero:

Também é conhecida como ficção contemporânea. É um tipo de ficção. Também se concentra em entreter e ajuda o leitor a escapar da realidade. Não significa que seja menos valioso. Mas atrai os leitores que preferem. Além disso, é mais popular do que ficção literária.

É agrupado em diferentes partes:

  • Fantasia: Este gênero usa entidades sobrenaturais como seu enredo. Consiste em terras imaginárias, criaturas míticas e magia. Além disso, tem subgêneros como fantasia épica, fantasia urbana e fantasia sombria.
  • Romance: Foca-se no amor como seu tema. O romance também se concentra na relação íntima entre dois personagens. Termina de uma forma emocionalmente satisfatória. Alguns subgêneros incluem suspense romântico, romance histórico, romance contemporâneo e romance de jovens adultos.
  • Ficção científica: Pode ocorrer em um cenário histórico ou futuro. Mas lida com as consequências da ciência e da tecnologia. Pode incluir viagens no tempo, viagens espaciais e vida no espaço.
  • Alguns subgêneros incluem ficção científica dura, ficção científica suave, cyberpunk e ficção científica apocalíptica.
  • Ficção histórica: Explora eventos passados de diferentes ângulos. Imagina a vida dos personagens de eventos históricos. A pesquisa é uma parte vital do processo de escrita.
  • Thriller: Incita suspense, excitação e tensão. A trama tem muita ação e reviravoltas inesperadas. Geralmente acontece em ambientes emocionantes como alto mar ou cidades estrangeiras. Além disso, o protagonista luta contra um vilão, o que os coloca ou a sociedade em risco.
  • Mistério: Envolve a resolução de crimes. O protagonista geralmente é a polícia, e o antagonista do criminoso. Além disso, tem um gancho excitante, como assassinato ou assalto a banco. Geralmente tem uma conclusão satisfatória.
  • Horror: Assusta os leitores e provoca medo. Geralmente tem uma mistura de medo, nojo e fascínio. Varia de histórias sobrenaturais a psicológicas. Os personagens principais geralmente estão em risco de uma força maligna.

Ficção literária:

Este é um tipo de ficção baseada em personagens, mas ainda pode ter um enredo de virada de página. É uma história fictícia em que cada ação afeta o personagem principal (s). Foca-se mais em condições humanas, como questões sociais ou políticas. Assim, muitas vezes é dito ser mais severo do que a ficção de gênero. Pode não ter um final satisfatório. Às vezes, não há uma linha clara entre o herói e o vilão.

É agrupado em diferentes partes:

  • Ficção contemporânea: Foca-se principalmente em questões sociais ou políticas. Um exemplo é “Saint X”, de Alex Schaitkin.
  • Ficção realista: É mais sobre romances biográficos. A configuração geralmente é atual. Mesmo que os personagens sejam fictícios, a situação geralmente é real. Um exemplo é “No Tempo das Borboletas”, de Julia Alvarez.
  • Ficção filosófica: Ele procura as grandes questões da vida. Perguntas como, qual é o propósito dos humanos? Como devemos melhorar a existência? Um exemplo é o “Overstory” de Richard Powers.

Você deve saber que alguns desses tipos de ficção se sobrepõem um ao outro. Assim, uma história pode conter mais de um tipo ou subtipo.

Elementos semelhantes entre drama e ficção

Enredo:

Compreende eventos que compõem uma história ou drama. Tais eventos estão conectados. E como tal, eles se desenvolvem à medida que a história ou o drama vão além. É dividido em várias partes.

Exposição é a introdução de ficção ou drama. Ele introduz os personagens principais através de narrações ou diálogos.

A ação em ascensão é a parte em que o personagem principal está enfrentando um problema ou conflito. O personagem então tenta superar os conflitos. Esta fase mostra como o protagonista lida com situações e sua situação.

O clímax é quando o personagem principal toma uma grande decisão que é um ponto de virada significativo para a história. Como o personagem lida com a decisão determina o resultado da história. Uma decisão adequada resulta em uma vitória posterior, ou um passo errado que termina tragicamente.

Falling Action é quando a história começa a se completar. Os resultados das decisões do personagem no clímax começam a acontecer.

A resolução é o fim dos conflitos. Pode acabar sem ser resolvido, mas é a conclusão da história. Pode ser um final feliz ou trágico.

Personagem:

Isso se refere a uma pessoa, animal ou outros seres que desempenham um papel na ficção ou drama. Eles podem ser categorizados com base em seu papel. Inclui protagonista, antagonista, folha, deuteragonista, confidente e interesse amoroso.

Além disso, pode ser categorizado de acordo com a qualidade e natureza do personagem dentro da história. Inclui dinâmica, estática, estoque, simbólica e redonda.

Tema:

É o significado de uma história. É também o que o personagem aprende no final e a mensagem do público da história. Por exemplo, o tema de uma história pode ser como o ódio pode destruir a vida de uma pessoa.

Além disso, um tema pode ser maior ou menor. O tema central se repete ao longo da história, enquanto o tema menor aparece brevemente.

Ambiente:

é o onde e quando da história. Mostra o contexto da história. Inclui a hora, o lugar e o ambiente em torno do personagem na história. Além disso, a configuração da sua história pode afetar seu personagem, como eles se comportam e interagem.

Simbolismo:

Envolve dar outro significado a um personagem ou situação que está além do normal. Geralmente são abstratos. Às vezes, o simbolismo pode esconder o tema real de uma história, especialmente quando é controversa. Faz o público refletir sobre o que vê.

Além disso, podem ser metáforas, alegorias, mitos, símiles ou arquétipos.

Elementos diferentes no drama e na ficção

Espetáculo:

Este é um elemento de drama centrado nos figurinos, cenários, efeitos especiais e adereços no drama. A ficção não tem espetáculo, pois não requer exibições visuais.

Idioma:

Refere-se a como os atores usam palavras no drama. Os personagens do drama falam e se expressam em diálogos. Assim, a linguagem e o diálogo dos personagens carregam o enredo. Ele também define os caracteres. Além disso, este elemento não está na ficção.

Música:

Dá ritmo aos diálogos. Além disso, adiciona sons à ação e melhora a forma como o público sente o drama. Cria um fluxo de emoções no drama. No entanto, pode não estar presente em algum drama. Também não faz parte da ficção.

Conclusão

Por mais que haja diferenças entre ficção e drama, há também semelhanças. Então você pode transformar ficção em um drama para apresentação. Você também pode misturar seus elementos ao escrever sua história.

Mas tenha certeza do tipo de público que você quer ler sua ficção ou ver o seu drama. Pode ajudá-lo a estruturar sua história corretamente.

CJ grew up admiring books. His family owned a small bookstore throughout his early childhood, and he would spend weekends flipping through book after book, always sure to read the ones that looked the most interesting. Not much has changed since then, except now some of those interesting books he picks off the shelf were designed by his company!