Quantas palavras em um capítulo? Dicas de escrita para escritores

by CJ McDaniel // janeiro 27 // 0 Comments

Você finalmente decidiu escrever um livro. É o primeiro livro que você escreverá. Escrever não é só socar as teclas no teclado. Há certas coisas que você precisa saber e trabalhar. E uma delas é o número de palavras que você vai escrever em um capítulo.

Uma dica para os escritores é aprender quantas palavras um único capítulo de um livro tem. Com esse conhecimento, você pode planejar sua escrita e cumprir o prazo estabelecido.

Este post dá uma olhada completa no número de palavras que você encontrará em cada capítulo de um livro. Continue lendo para saber mais!

Então, quantas palavras há em um capítulo?

Se você examinar livros de diversas épocas e gêneros, você verá que a contagem média de palavras de um capítulo é de 1500 a 5000 palavras. A maioria das pessoas pode alegar que uma página contém de 3000 a 4000 palavras e elas não estão erradas.

O número de palavras em um capítulo importa?

Capítulos de livros não são espaços vazios. Um escritor tem que enchê-los com palavras. As palavras em cada capítulo levam o leitor do primeiro capítulo até o último capítulo.

O número de palavras em um capítulo é significativo quando você está escrevendo para uma audiência. Também é essencial quando você quer que seu livro flua sem problemas.

A duração de seus capítulos influencia como o leitor interagiria com seu livro. Capítulos longos às vezes podem deixar seus leitores entediados.

Quantas palavras um capítulo deve conter?

O número de palavras que um capítulo contém pode depender do gênero. Também pode depender da preferência do escritor e da quantidade de informações que ele quer transmitir ao mesmo tempo.

É comum que gêneros como literatura adulta, mistérios e suspenses tenham menos palavras e capítulos mais curtos. Livros de ficção literária tendem a ter mais contagem de palavras, especialmente romances escritos antes do século XX, romance e ficção científica.

Livros na categoria romance e ficção científica geralmente têm 3000 palavras, enquanto os thrillers normalmente contêm 600-800 palavras em cada capítulo.

O número de palavras que cada capítulo contém não é um problema, desde que transmita a mensagem certa. Os leitores não contarão o número de palavras que cada capítulo contém. No entanto, quando um livro é bem escrito, serve ao interesse do leitor.

Capítulos mais curtos ajudam o leitor a ler o livro em seu ritmo. Mostra-lhes quando parar enquanto lêem. No entanto, o efeito aqui é que eles muitas vezes continuam lendo quando você termina um pequeno capítulo de uma maneira suspense.

Como concluir cada capítulo?

Os capítulos devem terminar com as possíveis pausas em seu livro ou história. No entanto, não conclua cada capítulo abruptamente. Seu leitor precisa ter uma conclusão satisfatória do capítulo que acabou de ler.

Uma maneira de concluir cada capítulo é garantir que seu livro tenha um começo, meio e fim. Deve ser como um episódio autônomo que pode sobreviver sozinho.

No final do capítulo, você também pode destacar a mudança nesse capítulo. Se for não-ficção, resumidamente passar pelos pontos ou novas informações nesse capítulo será suficiente.

Você também pode concluir um capítulo levantando questões, que o leitor deve no final do capítulo. Isso coloca o leitor atualizado. Além disso, o leitor será claro sobre quais perguntas o próximo capítulo responderá.

Não precisa deixar essas perguntas muito óbvias. Você poderia sugerir a pergunta. Tente ser o mais sutil possível.

O debate sobre quanto tempo um capítulo deve ser

Há um debate em curso sobre o número ideal de palavras para um capítulo. Mas parece que todos têm opiniões diferentes sobre o assunto. No entanto, concordaram que 1000 palavras são relativamente curtas demais e 5000 palavras são muito longas em uma nota geral.

Isso significa que um lugar mais seguro seria encontrar um meio termo. Então, 2500-3000 palavras são o número médio. No entanto, o ponto comum entre essas visões é que o comprimento deve depender da história e servir ao leitor.

O que notar sobre a duração do seu capítulo?

A primeira coisa que todo escritor deve saber sobre a duração de um capítulo é: não há regras. Só há diretrizes. Ninguém está dizendo que um capítulo deve ser um número específico de palavras. Em suma, cabe a você decidir.

Você precisa saber que a história ou mensagem do livro é a coisa mais importante. Então, a duração de seus capítulos dependeria do que você está escrevendo. No entanto, o capítulo deve terminar no ponto em que um leitor gostaria de fazer uma pausa.

Autores famosos e o número de palavras em seus capítulos

Uma olhada no que alguns autores famosos fizeram com seus capítulos de livros nos daria dicas para o que é possível. Por exemplo, O Corredor de Pipas de Khaled Hosseini tem uma média de 4282 palavras em um capítulo. The Handmaid’s Tale, de Margaret Atwood, tem uma média de 2096 palavras por capítulo.

Crepúsculo tem uma média de 4580 palavras em um capítulo. Da mesma forma, Harry Potter e a Pedra do Feiticeiro têm uma média de 4560 palavras em um capítulo. Middlesex parece estar no lado mais longo com uma média de 6023 palavras por capítulo.

Qual é o propósito de ter capítulos em um livro?

Escritores usam capítulos para segmentar a informação. Um leitor não precisa consumir todo o livro em um trecho para evitar sobrecarga de informações. Em vez disso, a existência de capítulos divide o livro em pedaços consideráveis para o leitor.

Ter um capítulo também ajuda você a esticar o suspense no livro. Você está invariavelmente determinando o ritmo em que o leitor lê o livro. Quando um leitor chega ao final de cada capítulo, sua mente se prepara para se mover na história ou ideia do livro.

Dicas de como escrever capítulos de livros

É a soma dos capítulos que se somam à história geral do livro. Assim, um capítulo é fundamental para dar ao leitor uma boa experiência de leitura.

Mantenha seus capítulos o mais curto possível. Quando é muito tempo, os leitores ficam entediados rapidamente. Vai parecer que o capítulo nunca vai acabar.

Deve haver uma correlação entre os capítulos do livro. Se cada capítulo não se misturar com o resto, o livro não terá um fluxo suave. Cada capítulo deve ter um objetivo que o conecte ao propósito geral do livro.

Um bom capítulo deve desenvolver mais o personagem, levar o leitor mais longe na mensagem ou história geral e transmitir mais informações. Certifique-se de não encher seu capítulo com babados.

Cada capítulo deve responder a perguntas levantadas no anterior. Deve levantar mais questões para o leitor à medida que progride. São essas novas perguntas que o leitor tem que continuar lendo para encontrar respostas para elas.

O que cada capítulo deve ter:

Se você está escrevendo uma história, seu capítulo deve começar com um personagem em uma atividade. Cada capítulo deve ter um objetivo. O objetivo poderia ser introduzir um novo personagem; ajudar o leitor a conhecer mais um personagem, etc.

Use títulos para seus capítulos. Os títulos devem resumir o capítulo sem ser um spoiler. Os títulos devem ser relevantes para o seu livro ou história.

Um título de capítulo serve a diferentes propósitos. Captura a atenção do leitor. Ele também destaca o foco central de cada capítulo. Com bons títulos, os leitores têm direção clara através do livro ou história.

Você também pode usar cada capítulo para mostrar um ponto de vista diferente no livro. Os personagens principais teriam a oportunidade de contribuir para a história a partir de sua perspectiva. Dá ao livro um efeito saudável.

Certifique-se de que seus capítulos tenham uma boa estrutura. A história deve se desenvolver naturalmente. Com uma estrutura adequada, o capítulo será capaz de servir ao seu propósito.

Tenha um final forte para o seu capítulo. Muitas pessoas lutam com isso. No entanto, você pode terminar seu capítulo antes de chegar ao clímax da história ou quando o leitor estiver tenso.

Lidando com o primeiro capítulo:

Os autores costumam dizer que o primeiro capítulo é o mais difícil. No entanto, não precisa ser tão difícil para você ler isso. Comece deixando seu primeiro capítulo introduzir o personagem principal do seu livro.

Você não precisa revelar tudo sobre o personagem principal ou ideia aqui. Só algumas dicas estão bem. No entanto, a maneira como você fala sobre o personagem principal ou ideia deve nos fazer o que continuar para descobrir mais.

Com o primeiro capítulo, você pode definir o tom para o resto do livro. Use as palavras certas para conseguir isso. Sutilmente nos dê uma pista de qual é o tema do livro. Também precisamos entender de onde o livro ou história está começando enquanto nos preparamos para seguir essa jornada.

Em essência, o primeiro capítulo precisa chamar a atenção do leitor. Com um primeiro capítulo desinteressante, muitos não vão continuar a ler o resto do livro. Então, você precisa chamar a atenção com os primeiros parágrafos e sustentá-lo ao longo do livro.

Conclusão

Você poderia quebrar seus capítulos de acordo com o tempo. Você também pode dividi-lo em diferentes cenários, narradores e pontos de vista. No entanto, tenha em mente que você decide o que fazer de seus capítulos. Não há contagem fixa de palavras para seus capítulos.

CJ grew up admiring books. His family owned a small bookstore throughout his early childhood, and he would spend weekends flipping through book after book, always sure to read the ones that looked the most interesting. Not much has changed since then, except now some of those interesting books he picks off the shelf were designed by his company!